ANÁLISE MICROESTRUTURAL E DE DUREZA DO AÇO SAE 1050 APÓS PROCEDIMENTO DE TÊMPERA UTILIZANDO DIFERENTES FLUIDOS DE RESFRIAMENTO

  • Otávio Contart Gamboni Prof. Dr. da Faculdade de Tecnologia Deputado Waldyr Alceu Trigo de Sertãozinho (Fatec-Stz) – São Paulo – Brasil.
  • Péricles Bosquetti Prof. Dr. da Faculdade de Tecnologia Deputado Waldyr Alceu Trigo de Sertãozinho (Fatec-Stz) – São Paulo – Brasil.
  • João Vitor Jardim Tecnólogo em Manutenção Industrial - Faculdade de Tecnologia Deputado Waldyr Alceu Trigo de Sertãozinho (Fatec-Stz) – São Paulo – Brasil.
  • Bruno de Paulo Ferreira Tecnólogo em Manutenção Industrial - Faculdade de Tecnologia Deputado Waldyr Alceu Trigo de Sertãozinho (Fatec-Stz) – São Paulo – Brasil.
Palavras-chave: Aço-Carbono. Têmpera. SAE 1050. Microestrutura. . Dureza

Resumo


Amplamente utilizado nas indústrias para fabricação de peças e equipamentos, o aço SAE 1050, por se tratar de aço de médio carbono de baixa dureza, geralmente passa por um processo de tratamento térmico conhecido como têmpera antes de ser empregado. A têmpera é um processo que altera a microestrutura do aço por meio do aquecimento, seguido de um rápido resfriamento, objetivando o aumento da dureza pela formação de martensita; sendo o resultado muito dependente da velocidade de resfriamento.  O presente artigo buscou analisar o as microestruturas formadas a partir da têmpera do aço SAE 1050 quando resfriado de diferentes modos. A maioria dos fluidos utilizados não são normalmente aplicados em âmbito industrial para tal finalidade; buscando-se então, novas opções que possam agregar na escolha de fluidos para resfriar esse tipo de aço. Foi realizada a análise química, ensaios de dureza e caracterizações microestruturais do aço SAE 1050, antes e após o tratamento térmico. Pode-se concluir que, dentre os tipos de fluidos testados, um tipo de óleo mineral normalmente utilizado em transmissões automotivas resultou em um elevado valor de dureza, quando comparado a outros tipos de óleo aplicados a esse tratamento térmico.

Publicado
28/12/2020
Seção

Mecânica e Metalurgia de Transformação / Metais e ligas: estrutura, propriedades físicas e mecânicas