FRANQUIAS

um estudo de caso do Burger King

  • Arthur Garcia Silveira Bacharel em Administração pela UNESP – Jaboticabal – SP – Brasil
  • Profa. Dra. Lesley Carina do Lago Attadia Galli Universidade Estadual Paulista (UNESP) – Jaboticabal – SP – Brasil
  • Prof. Me/Doutorando André Cavalcante da Silva Batalhão Universidade Federal de Goiás (UFG) – Goiânia – GO – Brasil http://orcid.org/0000-0002-3560-9356
Palavras-chave: Gestão de franquias. diferencial competitivo. Burger King

Resumo


O conceito de franquias e seus modelos de negócio têm sido amplamente divulgados em todo o mundo, reunindo um número ascendente de investidores. No último século as franquias têm sido associadas ao conceito de comércio livre e à oportunidades de novas fontes de renda, com o objetivo de motivar e propagar o espírito empreendedor que levou a tantas histórias de sucesso espalhadas ao redor do mundo. O aumento do mercado de franquias é acompanhado por um crescimento no número de franqueadores oferecendo uma diversidade de propostas de negócios alicerçados em vários segmentos mercadológicos. Neste senso, o objetivo deste estudo foi identificar as principais variáveis do segmento de franquias, considerando suas principais características empresariais por meio de um estudo de caso. O método utilizado foi de abordagem predominantemente qualitativa, que permitiu capturar informações e sustentar as conclusões do estudo, integrando diferentes aspectos da pesquisa de maneira complementar. A marca Burger King tem direcionado suas ações para aquisições de lojas próprias, diferenciando-se, em alguns aspectos, de suas principais concorrentes.

Publicado
20/12/2018
Seção

Mercadológica e Gestão Estratégica da Competitividade Organizacional / Comportamento organizacional e produtividade