COMPARAÇÃO DA TAXA DE DEPOSIÇÃO DO ARAME SÓLIDO ER70S6, 1,2MM, NO PROCESSO GMAW (MAG), COM O ARAME TUBULAR E71T1, 1,2MM, NO PROCESSO FCAW NO AÇO ASTM A 36

  • Merciane Miranda Vulcão Estudante do Curso Superior de Tecnologia em Mecânica: processos de soldagem - Faculdade de Tecnologia (FATEC) – Sertãozinho – São Paulo – Brasil
  • Marco Aurélio de Carvalho Silva Estudante do Curso Superior de Tecnologia em Mecânica: processos de soldagem - Faculdade de Tecnologia (FATEC) – Sertãozinho – São Paulo – Brasil
  • Prof. Me. Edmilson Antonio Sarni Faculdade de Tecnologia (FATEC) – Sertãozinho – São Paulo – Brasil
  • Profa. Pós-Dra. Maria Aparecida Bovério Faculdade de Tecnologia (FATEC) – Sertãozinho – São Paulo – Brasil
Palavras-chave: Soldagem. Taxa de deposição. GMAW. FCAW. Metal de Adição e MAG

Resumo


O presente artigo apresenta uma análise comparativa da taxa de deposição do arame sólido AWS A5.18 ER70S-6 e tubular AWS A5.20 E71T-1 respectivamente nos processos de soldagem Gás Metal Arc Welding (GMAW) na variante Metal Active Gás (MAG) e Flux Cored Arc Welding (FCAW). Atualmente ambos os arames são utilizados para soldagem a arco em juntas de aços comuns com baixo e médio teor de carbono, porém com um crescimento substancial no uso do tubular em relação ao sólido. O objetivo desta pesquisa foi comparar o processo de soldagem GMAW e FCAW com os arames maciço e tubular, verificando as três variáveis que podem ser analisadas como indicativos de produtividade em soldagem: fator de operação, taxa de deposição e tempo de soldagem. Neste estudo as soldas foram feitas na posição plana em chanfro em V, no aço carbono ASTM A-36 para o delineamento dos experimentos e, em seguida, análise da influência dos parâmetros: tensão, corrente e tempo de soldagem em ambos os processos. Como procedimentos metodológicos foram utilizadas a pesquisa bibliográfica e experimental, por meio de laboratório. Os resultados permitem concluir que a taxa de deposição foi superior para o arame ER70S-6 em relação ao arame E71T-1, em função da corrente elétrica, onde, é a fundamental variável para o aumento da taxa de deposição. Outra variável que se destacou na menor redução de tempo de soldagem, gerando, portanto, uma maior produtividade do processo FCAW em relação ao GMAW.

Publicado
2018-12-20
Seção

Mecânica e Metalurgia de Transformação / Fundição e soldagem