ESTUDO DAS PRÁTICAS DE SUSTENTABILIDADE EM UMA EMPRESA FAMILIAR DE JABOTICABAL-SP

uma aplicação da metodologia do índice de sustentabilidade empresarial (ISE)

  • Larissa de Oliveria Curtolo Graduanda em Administração pela Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias – UNESP – Jaboticabal – São Paulo – SP - Brasil
  • Lesley Carina do Lago Attadia Galli Profa. Dra. da Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias – UNESP – Jaboticabal – São Paulo – Brasil
  • Rafael Altafin Galli Profa. Me. do Centro Universitário Estácio de Ribeirão Preto – SP – Brasil
  • Ana Margarida Theodoro Caminhas Profa. Dra. da Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias – UNESP – Jaboticabal – São Paulo – Brasil
  • Glaucia Aparecida Prates Profa. Dra. da UNESP – Itapeva – São Paulo – Brasil
Palavras-chave: Sustentabilidade. Empresas familiares. Práticas de sustentabilidade

Resumo


A sustentabilidade pode ser um meio estratégico para conter a mortalidade das empresas familiares e torná-las mais competitivas, já que é notável a falta de conhecimento sobre os concetos de sustentabilidade por parte dos negócios familiares. Este trabalho tem como objetivo identificar as práticas de sustentabilidade articuladas por uma empresa familiar de Jaboticabal-SP, tendo como referência o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE). Para tanto foi realizada uma pesquisa aplicada, de caráter descritivo, com abordagem qualitativa, utilizando como método o estudo de caso. A coleta de dados foi realizada por meio das seguintes técnicas: entrevista semiestruturada, análise documental e observação não-participante. Os dados foram analisados por meio da técnica de análise de conteúdo. A empresa familiar escolhida para a pesquisa é uma indústria de médio porte, ligada ao setor cerâmico e localizada em Jaboticabal-SP. Em relação aos resultados da pesquisa, observou-se que existe o reconhecimento de que a sustentabilidade é um fator de diferenciação competitiva, no entanto, a empresa tem dificuldades em implantar as práticas de sustentabilidade em função da falta de conhecimentos para a formalização de procedimentos e estabelecimento de indicadores que auxiliem no gerenciamento desse aspecto.

Publicado
2019-12-19
Seção

Mercadológica e Gestão Estratégica da Competitividade Organizacional / Responsabilidade socioambiental e sustentabilidade